Seguidores

Bem Vindos

Olá amigos do blog, envie suas contribuições para o e-mail sexoliberal2012@gmail.com Fotos, contos, textos,videos, e principalmente sugestões serão bem vindas e apreciadas, com o maior respeito e carinho.
Obrigado a todos que nos visitam veja os posts antigos, pois postamos no minimo 3 vezes ao dia, programamos nossas postagens, para que vocês não fiquem sem novidades.
Caso seja possível votem no top 30 e uma forma de ajudar o blog a crescer. Caso tenha algum item que lhe afete entre em contato que o mesmo será retirado, Na primeira atualização após o ocorrido.

E-MAIL: sexoliberal2012@gmail.com

Visite os posts antigos

Vote no Blog

Caro amigo visitante vote no blog, leva menos de 30 segundos e você estará ajudando o blog a receber mais visitantes. Vamos lá galera é somente um click.

Valeu e não deixe de mandar suas fotos, videos e contos para que possamos publicar.

Amigo visitante e leitor vote no blog

Vote no Blog é menos de 30 segundos e ajude o blog a crescer
Top30 Brasil - Vote neste site!

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Minha mulher é uma puta e eu não sabia





Eu e Yamara entramos no bate papo como casal procura. Logo encontramos um cara que dizia ter um cacete de 21cm; Yamara perguntou a grossura; ele disse que entrava apertado no rolo que enrola o papel higiênico. Estávamos numa lan house, a sala escura, ela tirou a calcinha e eu enfiei o dedo na buceta dela; estava toda molhada. Voltamos a conversar com o mesmo cara no bate papo e por telefone; marcamos encontro umas 3 vezes, mas não deu certo. Até que um dia, eu estava com ela num barzinho, tomando caipirinha, o cara telefona; chamamos e ele foi até lá.. Estatura mediana, galego, forte, bermuda apertada e um grande volume que deixou Yamara excitada. Ela já estava meio “alta” e deixava as coxas grossas a mostra. O cara também ficou excitado e o volume cresceu enquanto ele ficava em pé, se apresentando, se chamava Iuri. Sentou, tomou logo 2 caipirinhas, Yamara bebeu no copo dele e começamos a conversar sacanagem. Ele estava na nossa frente e ela começou a roçar o pé no pau dele por cima da bermuda. Estava tocando uma música e ele tirou ela pra dançar. Tascou-lhe um beijo na boca na minha frente, ficaram ali num chupão, o garçon olhando e rindo meio sacana. Fiquei com ciúmes, apesar de eu mesmo ter provocado a situação. Cheguei perto, ela disse que queria pegar no cacete dele. Perguntei: aqui? E ele bem cínica, “vamos ao banheiro dos homens”. Fomos os 3, ela já meio bêbada. O garçon continuava olhando. Entramos os 3 no banheiro e ela foi logo agarrando o cacete do cara, puxou pra fora um cacetão grandão, agalegado, era do tamanhão que ele disse, grosso, ela ficou chupando e punhentando o mesmo tempo, o cacete cresceu mais, ficou vermelho, inchado, ,mal cabia na mão dela; já era tarde, doze e meia da noite, o garçon veio, olhou, disse “a festa ta boa”, tava só ele e um meninão de uns 16 anos que fazia os tira-gostos, no bar não tinha mulher. Ele disse, “a festa ta boa, mas a gente também quer”, Yamara nem ligava, o cara também não, aí eles fecharam a porta do bar e vieram olhar, tiraram a roupa e ficaram batendo punheta, a pica do garçom era normal, mas a do menino era quase tão grande como a do nosso amigo. Tinha uma cadeira no banheiro, Iuri sentou na cadeira e Yamara sentou no cacetão dele, entrou devagar, mas entrou tudo, a buceta dela ficou toda arreganhada, ela ficou subindo e descendo, o cacetão se enfiava todo na buceta dela. O garçom gozou e ficou deitado no chão, mas o garotão continuou lá, olhando e punhetando. Yamara e Iuri gozaram juntos. A buceta dela ficou inundada de porra. Os dois estavam exaustos. Pra nossa surpresa o menino disse “também quero”, mostrou o cacete a Yamara e encostou na cara dela. Ela começou a chupar e ficamos todos olhando. O cara disse “quero foder teu cu”; ela lambuzou a pica dele de cuspe e empinou a bunda; o cara foi logo enfiando sem jeito, mas ela gemia de gozo, o cu dela engoliu a pica do garotão todinha e ela gozava feito uma puta; ele esporrou o cu dela e ainda lambuzou a cara dela de gala. Saímos dali eu, Yamara e Iuri meio tontos, mas ela tinha gostado. Chegamos na rua para nos despedir, Iuri entrou no carro e Yamara atacou de novo, chupou o cacete dele ali na rua, um travesti do outro lado ficou olhando, ela deixou a pica de Iuri toda babada e pediu pra ele botar no cu dela que já tava meio arrombado da pica do garotão, Ela disse que queria a pica de Iuri no cu, que tinha comido a pica do garotão, mas queria comer a dele, agora o caminho tava aberto, ela ia agüentar. Iuri tava com ciúmes e raiva, botou ela de quatro no banco traseiro, ali na rua mesmo e enfiou o cacetão de uma estocada só; ela urrou como uma tigreza, depois ficou gemendo alto, enquanto ele socava o cu dela com aquela pica descomunal; gozou e inundou o cu dela de porra, a porra escorria do cu até a buceta e escorria pelas coxas, ele passou porra na bunda dela e nas costas. Ela saiu exausta e fez uma faxina na picona do cara, engoliu tudo. Fomos pra casa. Ainda acho que foi um filme, mas foi tudo real.

3 comentários:

  1. QUERO MUITO CONHECER UMA GATA , CASADA OU SOLTEIRA PARA UM ENCONTRO NA REAL, PODEM ME LIGA 03196609846, OU PODEM ME ADD NO MSN adrianobh10@hotmail.com ADORO SEXO MEU DOTE 19CM E 6 ESP. SOU MORENO CLARO , 1.78ALT ,78KLOS, ADORO FUDER UMA GATA DE CORNO .

    ResponderExcluir
  2. Minha mulher quer transar com outra mulher somos de sao carlos s p 999757370 mandem mensagen ..

    ResponderExcluir
  3. SOU MORENO TENHO PIROCÃO GROSSO PARA SUA ESPOSA.MORO RJ TEL:7860-4386.SIGILO.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...